80%
80%
Inspirador

“Quarto” tem tanto de terrível quanto de inspirador. Ela mostra-nos o melhor e o pior da condição humana.

  • Inspirador
    8
  • User Ratings (0 Votes)
    0

“Quarto” tem a característica rara de se sublimar. Eleva-se de filme nomeado para os Óscares e entretenimento popular e surge-nos como uma experiencia edificante, mostrando-nos que a tragédia e o sofrimento não têm que ser sinónimo de melodrama e que até no desespero podemos encontrar algo gratificante. E se o cinema for, como acredito que é, uma forma de adquirir sabedoria, então Lenny Abrahamson merecerá o nosso maior agradecimento.

O mérito não é só do realizador, que aliás está nomeado para Óscar. Antes de mais, é de destacar a história que o filme conta, adaptada do best-seller de Emma Donoghue. Sendo uma obra de ficção, a pungência dos acontecimentos é-nos familiar e ressoa a algo que já ouvimos antes. Sabemos que a história de Joy e Jack pode acontecer. Conhecemos relatos horríveis de situações semelhantes e por isso, até com algum voyeurismo, ficamos absolutamente absorvidos e envolvidos na tragédia de uma mulher sequestrada e do seu filho, fruto de abusos sexuais reiterados.

© Element Pictures

© Element Pictures

Para interpretar estes papéis, temos os magníficos Brie Larson e Jacob Tremblay, que nos oferecem duas performances inesquecíveis. Larson, nomeada e uma séria candidata ao Óscar de Melhor Atriz, materializa-se na devoção absoluta e na necessidade de proteger uma criança do horror de que é refém. Trembley, por sua vez, é soberbo. Agarra os nossos corações com a sua ingenuidade e alegria dilacerantes. E no final de contas, é essa esperança, esse brilho nos olhos de Jack, essa descoberta de motivos para ser feliz, que triunfa.

“Quarto” tem tanto de terrível quanto de inspirador. Ela mostra-nos o melhor e o pior da condição humana. Saímos da sala de cinema diferentes: com um nó na garganta e um aperto no coração, mas com muita vontade de sermos felizes e de ver o mundo de outra forma, tal como Jack nos ensina.

loading...
This part can be inserted into the end of the html document in order to avoid delays in loading the main content of your site

About Author

Ana Semedo

Comments are closed.

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien